Uncategorized

As fases do Alzheimer

O mal de Alzheimer é uma doença de lenta e progressiva evolução, que destrói as funções mentais importantes, levando o paciente à demência, um termo usado para indicar que o indivíduo perdeu suas capacidades de raciocínio, julgamento e memória, tornado-o dependente de apoio nas suas atividades diárias. O mal de Alzheimer é a causa mais comum de demência, sendo responsável por mais de 60% dos casos.

Características da fase inicial:
▫️Lapsos na memória recente;
▫️Mudanças do comportamento – o introvertido fica falante ou vice-versa;
▫️Senso de direção comprometido – o doente se perde;
▫️Atitude mais agressiva que o normal, as vezes sem justificativa aparente;
▫️Dificuldade em fixar novas informações;
▫️Teimosia – o doente insiste em dizer que não há nada de errado com ele.

Características da fase intermediária:
▫️A perda de memória se intensifica;
▫️Repetição infinita de informações;
▫️Estranhamento constante da própria casa e dos pertences;
▫️Alternância entre momentos de lucidez e confusão mental;
▫️Estresse psicológico e depressão;
▫️Agressividade quando é contrariado;
▫️Começa a dependência física – algumas atividades se tornam penosas ou perigosas;
▫️Vocabulário – o doente esquece palavras óbvias.

Características da fase mais grave:
▫️Dependência física – o doente geralmente fica restrito ao leito e não conversa;
▫️Não reconhece ninguém, nem a si mesmo;
▫️Fica suscetível a infecções;
▫️A deglutição fica prejudicada;
▫️O cérebro já está bem reduzido

A doença de Alzheimer não é o que leva o doente ao óbito em si, mas sim as complicações como quedas, infecções e broncoaspiração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *