Uncategorized

Osteoporose e quedas: qual a relação?

A osteoporose é uma doença que se caracteriza pela diminuição de massa óssea, com o desenvolvimento de ossos ocos, finos e de extrema sensibilidade, É uma doença silenciosa e na sua grande maioria descoberta quando ocorre uma fratura seja ela de forma espontânea ou por pouco impacto.
Na maioria dos casos, a osteoporose é uma condição relacionada ao envelhecimento e pode manifestar-se em ambos os sexos, mas as mulheres são as maiores acometidas: A incidência da doença pode variar de 14% a 29% em mulheres acima de 50 anos de idade e chegar até 73% em mulheres acima de 80 anos de idade
O diagnóstico precoce da osteoporose é feito pela medida da densidade óssea, através do exame da Densitometria Óssea.
A queda é um evento bastante comum e devastador em idosos. Cerca de um terço das pessoas com 65 anos ou mais, sofrem uma queda anual, e esta taxa aumenta com o avançar da idade, chegando a 50% entre aquelas acima dos 80 anos (RUBENSTEIN, 2006). Entre 40 a 60% das quedas causam alguma lesão, destas aproximadamente 10% são lesões mais graves como fraturas.
Dentre os fatores de risco comumente associados ao evento queda, identificamos: sexo feminino, idade superior a 80 anos, presença de incapacidade, fraqueza muscular, história pregressa de quedas, déficit de equilíbrio e marcha, uso de dispositivos auxiliares da marcha, déficits visuais e auditivos.
Embora não seja uma conseqüência inevitável do envelhecimento, pode sinalizar o início de fragilidade ou indicar doença aguda.
As quedas apresentam na grande maioria das vezes origem multifatorial, sendo as mesmas frequentemente atribuídas a fatores intrínsecos e extrínsecos. Os fatores intrínsecos estão relacionados às alterações decorrentes da idade, perda da massa óssea e muscular, alterações do equilíbrio e marcha, doenças crônicas, doenças osteoarticulares e acuidade visual. Já os fatores extrínsecos estão relacionados ao ambiente, tais como escadas, degraus, má iluminação, tapetes, pisos escorregadios e calçados inadequados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *