Uncategorized

Entenda os perigos da automedicação

Segundo o Instituto de Ciência Tecnologia e Qualidade (ICTQ), o Brasil é o país que mais se automedica no mundo. Muitos idosos têm o hábito de tomar remédios sem prescrição médica ou de aumentar as dosagens recomendadas por conta própria para ter alívio mais rápido. A automedicação pode trazer riscos a vida, dificuldade em diagnosticar doenças, efeitos colaterais por combinações de remédio, entre outros problemas. Não se automedique! Caso ocorra, informe ao médico na próxima consulta e peça orientações a ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *